Artesanal Cia. de Teatro estreia o espetáculo “Por que nem todos os dias são dias de sol?” no Rio

image_pdfimage_print

por-que-nem-todos-os-dias-sa%cc%83o-dias-de-sol-foto-jackeline-nigri_baixaEspetáculo infanto juvenil comemora os 21 anos da Cia. e fica em cartaz sábados e domingos, 16h, até 18 de dezembro. Espetáculo usa diferentes técnicas teatrais como teatro de bonecos, máscaras, objetos animados e vídeo mapping.

Nos meses de novembro e dezembro, a Artesanal Cia. de Teatro do Rio de Janeiro apresenta o espetáculo infanto juvenil Por que nem todos os dias são de sol? no Teatro Ipanema.

A montagem estreia dia 12 de novembro e cumpre temporada até dia 18 de dezembro com sessões aos sábados e domingos, 16h, em comemoração aos 21 anos de criação da Cia.

Com dramaturgia e texto de Gustavo Bicalho, que também assina a direção ao lado de Henrique Gonçalves, a peça é uma reflexão cênica entre o ser criança e o tornar-se adulto. Está dividida em quatro histórias, basicamente sobre o medo, mas também sobre muitos outros temas pertinentes à infância.

Durante dois meses, a Artesanal Cia. de Teatro realizou um trabalho de pesquisa com cerca de 30 crianças, que foram estimuladas a formular suas opiniões sobre diversos temas – “O que é o amor? O que é a liberdade? O que é a vida? O que é o medo? O que é ser adulto? Como as mulheres ficam grávidas?”.

Partindo dessas respostas, e baseada nas próprias experiências do elenco, de Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves, a dramaturgia do texto se divide em quatro contos distintos, narrados cada um dentro de uma linguagem e técnica diferentes (teatro de bonecos, máscaras teatrais, objetos animados e video mapping).

A história é apresentada como pequenas fábulas ressignificadas pela arte teatral, de forma objetiva, sintética, ágil e ao mesmo tempo, muito poética, e que habitam as lembranças de cada um de nós, dialogando com as plateias de qualquer idade.

por-que-nem-todos-os-dias-sa%cc%83o-dias-de-sol-jackeline-nigri-foto-maio-2016-sp-268_baixaApós estrear em São Paulo e se apresentar no FIL (Festival Intercâmbio de Linguagem), a temporada carioca conta com o patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro / Secretaria Municipal de Cultura, através do Projeto de Fomento à Cultura Carioca.
Considerando a acessibilidade, nos dias 03 e 10 de dezembro o espetáculo será apresentado com utilização de Libras e audiodescrição.
Sinopse sugerida – Espetáculo infantojuvenil utiliza-se da multiplicidade de linguagens para contar quatro histórias poéticas que levam a uma reflexão cênica entre ser criança e virar adulto.

Foto: Jackeline Nigri

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia e texto: Gustavo Bicalho
Direção: Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves
Elenco: Bruno Oliveira, Débora Salem, Edeilton Medeiros, Lívia Guedes
Bonecos: Bruno Dante
Direção de movimento de bonecos e preparação técnica: Márcio Nascimento
Direção de movimento dos objetos e preparação técnica: Marise Nogueira
Máscaras e preparação técnica: Flávia Lopes e Marise Nogueira
Direção de movimento: Paulo Mazzoni
Preparação vocal: Verônica Machado
Cenários e adereços: Karlla de Luca
Figurinos: Fernanda Sabino e Henrique Gonçalves
Pesquisa musical e trilha sonora: Gustavo Bicalho
Desenho de som: Luciano Siqueira
Desenho de luz: Poliana Pinheiro e Rodrigo Belay
Video mapping: Dado Marietti
Animação: Rafael Cazes e Renata Nassur
Fotografias: Jackeline Nigri
Direção de produção: Henrique Gonçalves

SERVIÇO
Estreia: 12 de novembro de 2016
Temporada: De 12 de novembro até 18 de dezembro de 2016
Local: Teatro Ipanema

Endereço: Rua Prudente de Moraes, 824 – Ipanema – Telefone: (21) 2267-3750

Horários: sábados e domingos, às 16h

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia)

Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a domingo de 14h às 22h

Classificação: Livre – Indicado para crianças a partir de 5 anos
Duração: 60 min.
Capacidade: 222 lugares
Gênero: Infantojuvenil

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *